/Todos contra Renan Calheiros

Todos contra Renan Calheiros

A ideia é unificar uma candidatura no Senado que evite a chegada de Renan a presidência. Após declarar apoio à candidatura de Rodrigo Maia (DEM) à presidência da Câmara dos Deputados, o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, tenta construir uma estratégia para evitar que Renan Calheiros (MDB) volte a presidir o Senado. O emedebista, que apoiou Fernando Haddad (PT) na eleição presidencial, é considerado nome “hostil” ao novo governo por aliados de Bolsonaro. Renan tem o apoio de parte da bancada petista na Casa.

O governo precisará do apoio dos comandos da Câmara e do Senado para aprovar medidas como a reforma da Previdência e a eleição de Renan não seria nada satisfatório para o novo governo.

Desde dezembro, líderes do partido de Bolsonaro têm realizado encontros com senadores que pretendem disputar o pleito em fevereiro. Conversas foram feitas com Davi Alcolumbre (DEM), Tasso Jereissati (PSDB), Álvaro Dias (Podemos) e Esperidião Amin (PP). O PSL também lançou o nome do Major Olímpio, mas, o objetivo é construir o consenso em nome de uma candidatura anti-Renan.

Deixe Sua Mensagem