/Sem Lula, eleição seria decidida entre Bolsonaro, Marina e Ciro

Sem Lula, eleição seria decidida entre Bolsonaro, Marina e Ciro

Pesquisa realizada pelo instituto MDA para a Confederação Nacional dos Transportes (CNT) com dados coletados entre os dias 9 e 12 de maio, divulgados nesta segunda-feira (14/05) aponta que Lula mesmo preso ainda lidera todos os cenários em primeiro e segundo turno.

Quando o nome do ex-presidente é colocado no cenário ele aparece em primeiro lugar: Lula 32,4%, Jair Bolsonaro 16,7%, Marina Silva 7,6%, Ciro Gomes 5,4%, Geraldo Alckmin 4,0%, Álvaro Dias 2,5%, Fernando Collor 0,9%, Michel Temer 0,9%, Guilherme Boulos 0,5%, Manuela D´Ávila 0,5%, João Amoêdo 0,4%, Flávio Rocha 0,4%, Henrique Meirelles 0,3%, Rodrigo Maia 0,2%, Paulo Rabello de Castro 0,1%, Branco/Nulo 18,0%, Indecisos 8,7%.

Já no segundo cenário sem a participação do ex-presidente Lula, Jair Bolsonaro lidera com 18,3%, seguido de Marina Silva 11,2% e  Ciro Gomes 9,0%. Geraldo Alckmin atingiu  5,3%, Álvaro Dias 3,0%, Fernando Haddad 2,3%, Fernando Collor 1,4%, Manuela D´Ávila 0,9%, Guilherme Boulos 0,6%, João Amoêdo 0,6%, Henrique Meirelles 0,5%, Flávio Rocha 0,4%, Rodrigo Maia 0,4%, Paulo Rabello de Castro 0,1%, Branco/Nulo 29,6%, Indecisos 16,1%.

Nos outros dois cenários com o nome do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, Jair Bolsonaro segue liderando, seguido de Marina e Ciro Gomes. O ex-prefeito de São Paulo obtém 3,8% e 4,8% respectivamente e não consegue herdar o capital político do ex-presidente Lula.

Nos vários cenários apresentados em um possível segundo turno, o ex-presidente Lula vence todos os candidatos. Quando seu nome sai do páreo, a disputa fica entre Bolsonaro, Marina e Ciro.

Na disputa direta no segundo turno, Bolsonaro e Marina empatariam tecnicamente com 27,2% cada um. Quando a disputa é entre Bolsonaro e Ciro, também existe um empate técnico entre os dois com uma vantagem para Bolsonaro que fica com 28,2% contra 24,2% de Ciro.

Nos demais cenários, Bolsonaro vence Alckmin, Haddad, Meirelles e Temer em um eventual segundo turno.

A pesquisa ainda revela que o presidente Michael Temer tem uma situação irreversível, que os brasileiros procuram um perfil de um candidato com honestidade, ideias novas e que tenha uma trajetória política de homem probo.

A maioria considera justa a prisão do ex-presidente Lula, mais de 90% da população acredita que a Justiça não é igual para todos, os brasileiros em relação a confiança nas instituições defendem a Igreja com maior grau de confiabilidade, seguida pelo militares. A pesquisa também revela que a população tem com sua maior fonte de informação a internet.

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com 95% de nível de confiança. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), com o número BR-09430/2018.

 

 

 

 

 

 

 

Deixe Sua Mensagem