/Secretário de Segurança, André Costa, diz que Estado vai usar inteligência para recuperar territórios

Secretário de Segurança, André Costa, diz que Estado vai usar inteligência para recuperar territórios

O Secretário de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, usou sua rede social Instagran para registrar ações que o Estado vem desenvolvendo para conter e melhorar os índices de violência no Ceará.

De acordo com o titular da pasta da Segurança Pública, “alguns críticos de plantão falam sobre trabalho de inteligência e sequer sabem o que é essa atividade, não sabem distinguir a inteligência policial da investigação criminal.” Destaca.

André ressalta que em 2017 houve um aumento dos conflitos entre grupos criminosos rivais, que queriam mais territórios e mercados consumidores de drogas. Essa ganância dos traficantes ajudou a inteligência a delimitar essas áreas e identificar pessoas. O que parecia um ponto forte mostrou-se uma fraqueza da criminalidade.
.
O secretário destacou que a polícia nunca esteve inerte, mas o trabalho de inteligência não pode ser feito com alardes ou pirotecnias, é necessário trabalhar em silêncio. Para André, as manchas criminais de mortes violentas, pichações com nomes do grupo criminoso, ordens de “baixar vidros”, “tirar capacete”, dentre outras, ações criminosas ajudaram o trabalho de inteligência da polícia.

O Secretário enumera quatro pontos que ajudam o Estado a combater a criminalidade:

1) a inteligência ajuda a mim e a cúpula a desenvolver as estratégias, apoiada pela tecnologia;
2) esses territórios passaram a ter um policiamento ostensivo implantado, com o papel de conter a violência;
3) um maior foco do Distrito de Polícia Civil da área, quebrando a estrutura criminosa local;
4) e ações de prevenção social, fortalecendo a comunidade e atendendo às necessidades das pessoas, com mais educação, esporte, cultura, urbanização.
.
Segundo o Secretário de Segurança, André Costa, o governo está tentando melhorar a inclusão social ao mesmo tempo que o Estado mantém a presença do Poder Público nessas comunidades, entendendo a segurança pública não só como uma questão bélica, mas também como fonte de ações integradas de outras áreas essenciais ao desenvolvimento humano. A ideia, é proporcionar uma vida mais digna a essas pessoas.
.
André destaca o trabalho de ocupação dos territórios dominado por facções criminosas. Uma dessas áreas é a da foto, no bairro Conjunto Palmeiras. Parte das ações é retirar essas marcas de bandidos. O Secretário diz confiar no trabalho dos policiais. “São homens e mulheres destemidos, bravos e corajosos. Sabem que tem em mim não alguém que está distante e acima deles, mas junto e ombreado ao lado deles. Alguém que luta e se doa por eles, para que eles façam o mesmo pelas pessoas de bem. Nós continuaremos avançando, mostrando a força do Estado, e não recuaremos um milimetro sequer!” Pontua, André Costa.

Deixe Sua Mensagem