/Nova Russas: reflexões sobre a ausência coletiva dos 7 vereadores da base do prefeito

Nova Russas: reflexões sobre a ausência coletiva dos 7 vereadores da base do prefeito

Os 7 vereadores da base do prefeito Rafael Pedrosa não compareceram a última Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Nova Russas desta quarta feira (06/12). Os vereadores Denilson, Texeira, Adalberto Filho, Chiquinho Diogo, Izabel Moura, Rejane Tavares e a própria presidente da Casa, mãe do prefeito, Socorrinha Holanda, faltaram e não justificaram suas ausências para os demais parlamentares que compareceram a sessão para desempenhar normalmente suas funções.

Vamos as reflexões:

O vereador tem a prerrogativa de faltar a sessão. Contudo, é muita coincidência os 7 vereadores da base do prefeito faltarem no mesmo dia, incluindo a presidente da Casa. As coincidências aumentam à medida que estamos às vésperas da eleição da Mesa Diretora e recentemente os vereadores publicaram foto na casa do prefeito, divulgadas nas redes sociais, gerando matérias na mídia local que o gestor estaria corrigindo erros políticos.

Os tais erros políticos teriam relação com a eleição da nova Mesa Diretora da Câmara? Teria a ver com supostos benefícios de cargos e apadrinhamentos políticos em troca de votos?

Quando o Poder que tem o papel de fiscalizar, não fiscaliza, qual é o papel do Ministério Público? No caso da ausência coletiva dos nobres parlamentares, o MP poderia  cumprir seu papel de fiscalizar e proteger os princípios e interesses fundamentais da sociedade?

A ausência coletiva dos vereadores, não estaria ferindo o Art. 47 da Lei Orgânica do Município, que determina como falta de Decoro parlamentar conduta incompatível com a dignidade da Câmara?

Ainda sobre Decoro parlamentar, Reza o Regimento Interno da Casa que a percepção de vantagens indevidas supostamente por parte de vereadores, como cargos de parentes e benefícios da gestão, também não seria um caso de investigação?

Existe Código de Ética na Câmara? O Que ele determina? Por onde anda?

Qual o verdadeiro papel da imprensa local num episódio dessa natureza? Cobrar, aceitar ou bater palmas?

Qual o seu papel enquanto cidadão?

Por último, quanto custa um voto? Vale a pena continuar votando do mesmo jeito? É essa a sociedade que queremos?

A péssima imagem da classe política deriva das nossas escolhas, outras vezes da nossa omissão, bem como de um  Poder Judiciário inerte.

(Reginaldo Silva, Ceará Noticias)

Deixe Sua Mensagem