/Nova Russas: porque a pré-candidatura de Junior Mano a deputado federal é viável

Nova Russas: porque a pré-candidatura de Junior Mano a deputado federal é viável

O vice-prefeito de Nova Russas, Junior Mano, tem um grande desafio pela frente, torna-se o primeiro deputado federal “eleito” por Nova Russas e região. Junior Mano é novarrussense com raízes familiares em Ipaporanga. 

A candidatura de Junior Mano é sólida e vem se firmando a cada dia.

Junior tinha dois obstáculos a superar no primeiro momento. Venceu os dois. Primeiro precisava tirar a dúvida das pessoas de que poderia realmente ser candidato e segundo, encontrar uma sigla partidária que tivesse uma legenda relativamente baixa, capaz de tornar uma candidatura competitiva, não uma invencionice de última hora.

Junior filiou-se ao PEN/Patriotas, sigla que possivelmente deve se coligar com  PPS, PRTB e PPL. São quatro siglas consideradas pequenas, mas com um bom potencial de votos, sem falar que não existe nos quadros nenhum figurão que possa sair na frente e ganhar uma vaga de componentes com potencial igualitário de votos.

A pré-candidatura de Junior Mano é viável, porque ele está em uma sigla de pequeno porte, possivelmente numa coligação em que a legenda para eleger um deputado federal, ficará em torno de 30 a 50 mil votos e todos os candidatos partem “teoricamente”  em pé de igualdade.

Junior Mano precisa sair com uma boa votação de nova Russas e região, além de conseguir complementar esses votos em outras regiões do Estado, para conseguir assumir uma cadeira de deputado federal.

Junior vem fazendo à sua parte, mantendo contatos e conversando com lideranças de vários municípios cearenses.

Nesta sexta-feira (13/04), Junior esteve com a vereadora mais votada do município de Itapajé, Isa do São Miguel, em que explicou que sua candidatura parte de um projeto de renovação do Congresso Nacional e valorização do desenvolvimento regional dos municípios, integrando o crescimento sustentável das áreas essenciais. Isa que é uma defensora da renovação da Câmara Federal e das políticas públicas voltadas para área da saúde, assumiu o compromisso de marchar junto com Junior Mano neste projeto em 2018.

Vale salientar que o pleito eleitoral deste ano, será o último em que as coligações proporcionais serão permitidas, portanto, a última chance existente para eleger um deputado federal nessa faixa de 30 a 50 mil votos. Junior tem potencial, é visionário,  bem relacionado e está no lugar certo. Cabe a cidade de Nova Russas e região entender a mensagem, de que um sonho que sonha junto, pode se tornar real.

 

Deixe Sua Mensagem