/Nova Russas: o efeito Jeová Mota na administração do prefeito Rafael Pedrosa

Nova Russas: o efeito Jeová Mota na administração do prefeito Rafael Pedrosa

O deputado estadual Jeová Mota (PDT) participou da série de entrevistas realizadas pela Rádio Seara aos candidatos com maior representação política no município de Nova Russas,  nesta sexta-feira (21/09).

Durante os 20 minutos de entrevista ao Jornal da FM 102,7, Jeová ressaltou que é ficha limpa, defendeu os investimentos feitos pelo governador Camilo Santana na Segurança Pública e prestou contas do trabalho que vem desenvolvendo na região.

Jeová também enfatizou que vem sendo sendo vítima de “boicote” da atual administração que tenta a todo custo bloquear suas ações no município.  “Destinei emendas para compra de duas ambulâncias para o município, sendo uma para o distrito de Canindezinho e outra para Lagoa de São Pedro. As referidas ambulâncias nunca foram entregues aos moradores dos distritos.” ressalta o parlamentar.

Jeová Mota falou de outros investimentos destinados para Nova Russas. Segundo ele, foram designadas emendas para compra de ambulâncias para os distritos de Major Simplício e Miguel Antonio e o prefeito nunca foi buscar os recursos para não valorizar a ação dele junto a população.

O mesmo fato ocorreu em relação as Areninhas.  Uma para Lagoa de São Pedro, outra para o bairro de São Francisco e outra para Nova Betânia. De acordo com o parlamentar, o gestor  teria feito a Areninha da Lagoa de São Pedro com recursos próprios e não utilizou a verba de sua emenda parlamentar. A mesma situação teria ocorrido com a passagem molhada do Riacho do Coronel em Nova Betânia. Para Jeová, que já foi prefeito de Tamboril por duas vezes, o prefeito Rafael Pedrosa poderia ter feito a Areninha e a passagem molhada com recursos de suas emendas e utilizado as verbas dessas obras na estruturação de um centro cirúrgico para fazer operações no município, ou até mesmo para compra de ônibus para levar os pacientes para Fortaleza ou Sobral que fazem tratamento nestes centros mais avançados e necessitam de maior conforto.

O deputado Jeová Mota lamenta ainda que essas obras realizadas com recursos próprios venham sacrificar ainda mais a população com o aumento de impostos.

A administração já vem sacrificando a população com o aumento da água em mais de 100%, o IPTU que recentemente teve um aumento de 800% e o prefeito teve que recuar devido a pressão popular, além do aumento de alvarás e alta taxa de iluminação pública que é cobrada com serviços precários oferecidos à população.

Tudo que o deputado anuncia que vai fazer, o prefeito vai lá e faz. Falta criatividade e originalidade a gestão, uma vez que a prefeitura deveria receber as verbas do parlamentar e aplicar os recursos próprios em áreas que estão descobertas e com maior necessidade, a população sairia ganhando duas vezes.

O efeito Jeová Mota na gestão tem sido positivo, pois, vem obrigando o gestor fazer obras que não estavam nos seus planos. Contudo, a população vem perdendo, porque o gestor não consegue enxergar que toda verba destinada ao município é bem vinda independentemente de sua origem e jamais se pode dispensar recursos que venham para beneficiar a população.

(Reginaldo Silva, Ceará Notícias)

 

Deixe Sua Mensagem